Fresh Meat Season

Olá 🙂

Caso vocês estejam se perguntando, as Blue Jay Rollers, primeira liga de Roller Derby de Curitiba, estão sim aceitando novatas que estejam interessadas em se juntar à liga e praticar o esporte com a gente.

Não precisa saber patinar- a gente te ensina! O que precisa ter é vontade de aprender e comprometimento, em pouco tempo você estará patinando e aprendendo as regras e os moves do Roller Derby.

Pra quem ainda não sabe exatamente o que é o Derby, há vários vídeos explicativos pelo youtube afora, mas escolhi postar este por cobrir a parte mais básica mesmo, além de ter legendas em português pra todas entenderem 😉

Você quer se candidatar a Fresh Meat (novata, ou, como denominamos carinhosamente aqui no Brasil, “carninha”)?

– Você tem 18 anos ou mais? (não há limite máximo de idade!)

– Tem disponibilidade para freqüentar os treinos e se envolver com as atividades da liga?

– Está interessada em aprender a patinar e não tem medo de cair?

– Gostaria de praticar um esporte totalmente feminino e desafiador, que certamente vai te levar a ultrapassar seus próprios limites e barreiras?

– Mora em Curitiba?

Então você está pronta para se juntar às Blue Jay Rollers! Pode nos contatar por aqui, por facebook ou pelo nosso e-mail bluejayrollers@gmail.com, se tiver alguma dúvida, ou simplesmente aparecer em um de nossos treinos!

A gente não morde, então não precisa ter medo! :p

Chame suas amigas e venha se apaixonar pelo Roller Derby com as Blue Jays.

Keep rollin’, chicas!

:*

Gray City Rebels visitando as Blue Jay Rollers!

No fim de semana passado recebemos a visita das Gray City Rebels de São Paulo. E como a maioria das nossas meninas não tem equipamento ainda,treinamos muito off skate e conversamos sobre como administrar uma liga. Foi um encontro extremamente produtivo para o crescimento da nossa Liga e agradecemos muito a Kaia Pilsen e a Peryl Streep,por terem nos proporcionado isso,por terem divido seu conhecimento conosco.

Sempre que precisarem estaremos aqui gurias!

Kaia Pilsen e a Peryl Streep preparando nosso treino.

Treino off skate.

Treino on skate

Neste fim de semana também recebemos a visita do Sr.Ney Fernando, coordenador da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, que tem apoiado muito nossa liga e incentivado a prática do Roller Derby.

Sr.Ney Fernando e as Blue Jay Rollers.

 

Keep rollin’, chicas!

Reconhecidas!

Nossa liga foi reconhecida pelo Derbyroster ! Agora sim estamos no mapa!


Roller Derby for Dummies, ou: que raio de esporte é esse?

 

O Roller Derby surgiu nos Estados Unidos, tendo suas raízes em corridas de endurance sobre patins que datam lá do início do século XX. Foi por volta dos anos 40/50 que se tornou realmente popular naquele país, mais como uma forma de entretenimento esportivo com nuances de luta livre, em que a parte teatral do evento chamava mais atenção do que o elemento esportivo em si (até as brigas e pancadas dentro da pista eram encenadas). Ligado ao início da liberação feminina, contava com a participação de mulheres que não mais desejavam o estilo de vida pacato da dona-de-casa tipicamente americana, mas sim uma oportunidade de demonstrar sua força e agilidade.

   O Roller Derby moderno, que praticamos hoje, é resultado do revival do esporte, que ocorreu na virada do século, e nada tem de encenado: um conjunto de regras fixas controlam a prática do esporte, ou seja, de eventos encenados, os bouts (jogos) passaram a partidas sérias de um esporte que muito requer das atletas em termos condicionamento físico, comprometimento, força, agilidade e intenso treinamento, além de muita disciplina. Tal ressurgimento do esporte se tornou um fenômeno mundial, e hoje já contamos com mais de 1000 ligas espalhadas pelo mundo, entre elas, 10 ligas brasileiras oficialmente listadas, que operam, bem como as ligas estrangeiras, em um modelo de “do it yourself“: quem gerencia as ligas são as próprias atletas, com muita criatividade e espírito de equipe.

 O Roller Derby mais comumente praticado, que é o Flat-Track (de pista plana) ocorre numa pista oval de 26,8m desenhada sobre uma quadra de piso liso. Os jogos se dividem em 2 tempos de 30 minutos, e cada tempo se divide em jams (que duram 2 minutos cada). Cada time vai ter um grupo formado por uma pivot (que usa uma listra ao longo do capacete) e 3 blockers, e vai ter também uma jammer, que seria a atacante. As pivots e as blockers dos dois times formam o pack, que começa a patinar mais à frente das jammers. Depois que o packtodo se afasta da pivot line, as jammers saem, e são elas que pontuam, sua missão é passar pelo pack. Dá pra reconhecê-las pois levam uma estrela no capacete, pra sinalizar.

    As meninas no pack têm que bloquear a jammer do time oposto, e elas podem fazer isso com o traseiro, com os ombros ou com o corpo todo. Não pode dar cotovelada, nem chutar ou socar, e não pode bater abaixo do joelho nem acima dos ombros. Roller Derby é um esporte de contato, ou seja, você faz contato com a jogadora do time oposto, pra tentar tirar ela da pista, derruba-la e não deixa-la passar, mas tem que ser dentro das regras, senão é falta e você está fora. As pivots e blockers também têm de abrir espaço na pista para que a sua jammer consiga passar e pontuar, e muitas vezes ajudar essa jammer a pegar mais velocidade, através de movimentos como o whip (ou chicoteada). Pra cada adversária que a jammer ultrapassa, ela marca um ponto. Mas ela só pode começar a marcar depois que já passou o pack pela primeira vez no jam e completou uma volta. Um jam dura 2 minutos, ou menos, se a jammer que está na liderança sinalizar, colocando as mãos no quadril repetidamente.

Pra participar de um treino das Blue Jay Rollers aqui em Curitiba dá pra nos contatar pelo e-mail bluejayrollers@gmail.com, também temos uma página https://www.facebook.com/bluejayrollers.
Keep rollin,chicas!

O Roller Derby "das antigas"